O ‘general’ escreveu seu nome na historia do clube (Miguel Locatelli/CAP)

Coube a um dos jogadores mais experientes do grupo do Atlético Paranaense bater o pênalti que deu o clube, diante do Junior Barranquilla, o título da Copa Sul-americana, a primeira conquista internacional do clube. O zagueiro Thiago Heleno não titubeou em colocar força em sua cobrança decisiva, ajudando a coroar um ano marcante para a história do Rubro-Negro.

“Estou muito feliz pelo ano que tivemos, por fazer parte da história do Atlético e ajudar na conquista desse título. Todo mundo sabe da importância para nós, para o clube e para o nosso torcedor. Conseguimos nosso principal objetivo”, disse o jogador, que já faz história com suas 129 partidas disputadas e 13 gols marcados pelo clube. “Tenho três anos e sou muito feliz aqui. Sempre deixei claro o meu carinho e o desejo de seguir fazendo história no Atlético”, completou.

Experiente, o general formou com o jovem Léo Pereira uma defesa equilibrada, uma combinação que deu certo nas mãos do técnico Tiago Nunes. “Essa mescla é muito importante. Eu mesmo aprendo com os jogadores mais experientes e tentamos passar tudo o que já vivemos para os mais novos. Os jovens aqui estão bem amadurecidos, até pelas participações em Estadual e Brasileiro. O Atlético prepara os jogadores para momentos decisivos como o que vivemos nesse ano”, avaliou.

Equilíbrio, aliás, foi para Thiago a marca do time desde que o treinador rubro-negro assumiu o time para dar início a uma arrancada na temporada. “Não podemos esquecer o que fizemos no início da temporada e as dificuldades depois. Mas após a Copa encontramos o caminho das vitórias. Tivemos um equilíbrio entre ataque e defesa. Isso fez com que a gente conseguisse vitórias em casa e também fora, tanto no Brasileiro quanto na Sul-Americana”, finalizou.

O post Thiago Heleno destaca equilíbrio do Furacão em ano de conquistas apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.